Não basta simplesmente satisfazer: é preciso encantar.